tou d’abalada…

1 04 2008

Nos últimos dias andei, para não ser diferente, a resolver o caso pouco amoroso que tenho pendente com a monografia…ainda não está perto de estar resolvido, mas já está ligeiramente melhor…mais tolerável diria eu!

Hoje andei a preparar a minha “abalada” prá montanha…3 dias algures perto de Oslo…numa montanha fresquinha, onde as temperaturas oscilam entre os 0 graus e os -20…estou entusiamada, quero muito, muito esquiar..ou se calhar só tentar esquiar…

Enfim logo vejo no que dá! Espero sobretudo conseguir fazer, como alguém me aconselhou, something to remember…

Ah! E espero também aproveitar para ouvir o que aqueles ventos acutilantes da montanha têm para me dizer…espero que falem alto…ando com dificuldade em ouvir quem sussurra…especialmente quem sussurra com vontade de vociferar mas apenas se esconde nos caminhos que já foram percorridos, recorre a palavras que já foram ditas e ouvidas e tenta em desalento valorizar momentos também já esquecidos…enfim, tentativas vãs de recuperar o que já não é… ou se calhar nunca foi…

I’ll be back…with pictures and maybe some vídeos…I hope!!!

Anúncios




…no comments…

28 03 2008

The nice thing about being a pessimist is that you are constantly being either proven right or pleasantly surprised…





cá estou e tenho estado…as ondas tardam em regressar…

25 03 2008

Ao que isto chegou…

sp_a0439.jpg

…as vistas andam tapadas com a alegria de monografar…

sp_a0438.jpg

e a cabeça ocupada a tentar perceber o que alguém escreveu nas entrelinhas… sem stress… só preciso saber esperar…amanhã, as coisas já serão diferentes, dizem… e o vento, esse estranho conhecido,  talvez traga a onda prometida…





“it’s not easy to be you, but it’s even harder to be me… or maybe not”

21 02 2008

estava pensar, facto que só por si já é muito estranho, e once again não correu bem…Miss you…

2.jpg





Aos manos…

25 09 2007

Como é do conhecimento público sou uma mimada irremediável e uma “manodependente”, assim, sinto-me no direito de aproveitar este espaço para dizer que adoro os meus manos e já tenho muitas saudades deles…





Regresso!

25 09 2007

Pois bem com o intuito de evitar perguntas DESNECESSÁRIAS sobre o meu desaparecimento desde o último post venho somente dizer que nem sempre as coisas correm como queremos e nem sempre vivemos o que desejamos…ainda assim, acho que aprendi algo neste maus tempos que findaram (espero eu!!!).

Um abraço de agradecimento aos persistentes visitantes do blog e aos também persistentes visitantes (leia-se: amigos) da minha vida. Thanks!!!

Fica para a já a promessa de um regresso… ao blog, à ESE e , de alguma forma, à vida!





Viva o diazepan e o alprazolan!

4 08 2007

Estou no intervalo da toma…

Já tomei…

Já adormeci…